Bem-vindo, use nossas ferramentas de acessibilidade.
C C C C
A- A+
Por aí. /Nossa Agenda.

Entrevista com Valquiria Vital

13 de setembro de 2020
Entrevista com Valquiria Vital

Ontem, dia 12 de setembro, eu publiquei a matéria Um pouco da Cultura Geek em Goiânia, Goiás. Nessa matéria, eu descrevi como são os eventos de anime e os eventos geek de Goiânia, assim como divulguei alguns dos cosplayers que frequentam aos eventos. Hoje, deixo aqui com vocês a entrevista com a Cosplayer Valquíria Vital, formada em Turismo e que também fez cursos no SENAI de produção de eventos.

Para quem quiser entrar em contato, o Instagram de Valquíria é: @valgeekeventos.

━─━─━─━─━─━─━─━─━

▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃

Valquíria Vital

Valquíria Vital

 

━─━─━─━─━─━─━─━─━

▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃▃

O que é o nerd?

Os nerds antigamente eram considerados como sinônimo de exclusão social e também o termo nerd e geek em inglês que significa cafona e fora de moda, porém tudo isso ficou para trás e veio a cultura Geek para provar o contrário.

Mas o que é a Cultura Geek?

Ela cresceu muito durante as décadas se tornando cada vez mais popular e hoje em dia está fortemente presente na sociedade atual sendo uma tendência bem peculiar e bem presente.

A palavra Geek significa bobo, mas nós não temos nada de bobo pelo contrario somos muito inteligentes principalmente em formas de recriar partes de cosplays, fazer jogos, batalhas medievais e muito, muito mais. Fomos nos popularizando cada vez mais e nos tornamos essa cultura.

A cultura Geek são representadas por pessoas que são fãs de filmes, séries, jogos eletrônicos, gamer, tecnologias relacionadas às diversas áreas do entretenimento, mangás, HQS, K-pop (ritmo que surgiu na Coreia do Sul), cosplay (que significa brincar, interpretar com a fantasia de um personagem em específico), RPGs e ficção científica, e a Moda Lolita, que é uma moda alternativa inspirada em épocas históricas como a Era Vitoriana e Rococó, também se inspirando na cultura fofa e adorável (Kawaii).

Valquíria Vital aprendendo batalha medieval nos eventos de anime

Valquíria Vital aprendendo batalha medieval nos eventos de anime

Eu sou Valquíria Vital Machado, mais conhecida como Val.

Comecei a me tornar Geek em 2010, onde eu nem sabia o significado desse termo. Nessa época a minha mãe passava por uns problemas de saúde e eu ganhei um computador do meu padrinho e por ficar muito em casa, comecei a navegar na internet primeiro em sites de bate papo como a uol, mas lá só tinha pessoas que não eram serias, ou queriam só brincadeiras estranhas e sem muito conteúdo, até que um dia me cansei e comecei a assistir animes que na época eu considerava desenho animados.

Baixei dragon ball, Yuyu Hakusho, Samurai X, sailor moon entre outros, depois comecei a baixar seriados como Changemam, Flhasman, Jaspion para reassistir e um certo dia navegando na internet achei um site que na época era uma rede social onde as pessoas gostavam de animes, series, filmes, hq, mangas, livros e nesse site postavam se fanarts (desenhos de animes, series etc. Feitos por fãs, também fanfics (estórias escritas com personagens de filmes, series, etc, também feito por fãs), então comecei a escrever nos meados de abril de 2010 e nesse site comecei a conhecer pessoas que me comentaram sobre eventos geeks, como era e a magia que era.

Então mais para o fim do ano de 2011 comecei a pesquisar de aqui em Goiânia havia eventos geeks então descobri um porém ele havia passado. Nessa época haviam poucos eventos em Goiânia, então eu descobri que haveria um em 30/06/2012 se eu não me engano.

Anime Hai do organizador Victor Lobo e quando fui nesse evento eu fui da forma que está na foto.

Para o meu primeiro evento geek eu me senti uma patricinha em meio a pessoas de preto, camiseta de animê, cosplay, mas o mais importante, eles não importaram como eu estava vestida e sim como era a magia e a diversão.

Nesse evento eu conheci o Weslei que não esta mais em Goiania, a Ana Cappellesso e Yasmim Carvalho. Foi realmente muito cativante e diferente, tudo novo para mim e uma rota de fuga para os problemas que eu vivia em casa.

Ainda em 2012 em setembro eu fui no evento Japan Box, também da extinta produção de Victor lobo.

Nesse evento eu tirei muitas fotos, me diverti muito e via a magia que acontecia ali, personagens como homem de ferro nas duas versões eram cativantes e cheios de uma realidade impressionante e nesse evento o mais difícil foi pegar o autógrafo do Wendel Bezerra ele estava com medo de assinar por que o restante do pessoal tinha so tirado foto, eu lembro que fiquei lá ate conseguir o autografo do homem que deu a voz do Goku de dragon ball, foi muito legal. Eu ainda não tinha feito cosplay mas eu fui mais otaku dessa vez e foi muito legal.

 

Depois desse evento eu comecei a fazer cosplay, a ideia de começar com cosplays simples e montados com roupas comuns foi a melhor coisa e mais magica do mundo. Comecei a fazer cosplay em 2013 e apesar de ser meio provida de monetário escolhia os mais fáceis e mais baratos para se fazer, ou para mandar alguém costurar e fazer para mim.

Os eventos nessa época eram divertidos, fazíamos cosplays de papelão, sacos plásticos de material reciclável e era tão legal, com o tempo eu parei de ver esses cosplays nos eventos, ainda não sei por que, apesar de ter o pensamento que as pessoas possam se sentir intimidadas com as pessoas que podem fazer cosplays bons e sem ser de material reciclável.

Valquíria como Mortícia Addams

Valquíria como Mortícia Addams

As fotos são alguns cosplays que eu montei e que eu mandei costureira fazer, sempre me diverti muito nos eventos ate em meados do meio do ano de 2018.

Caroline, com o cosplay de Tobi, e Valquíria Vital, com o cosplay de Chapolin.

Caroline, com o cosplay de Tobi, e Valquíria Vital, com o cosplay de Chapolin.

Organização Nerd de Goiás

Depois comecei a ser colaboradora dos eventos, a fazer parte da equipe da organização dos eventos, comecei a ganhar um pouquinho de experiência e a aprender algumas coisas que poderiam ser melhoradas nos eventos no meu ponto de vista e mesmo sabendo que não era nada fácil fazer um evento geek, me veio a ideia de começar com uma pagina no Instagram chamada Organização Nerd de Goiás (@org.nerd).

A ideia é começar com casamentos totalmente temáticos, aniversários e pequenas feiras voltada para a cultura Geek, mas a pandemia freou muita gente levando a ficar em casa e mudar muitas coisas.

Até o momento a Organização Nerd de Goiás @org.nerd está sendo para o publico geek, curtir, relembrar series antigas, interagir e trazer experiências com lives, incluindo que estou meio sem idéias no momento, apesar de que eu gostei muito de ter feito algumas e crescido mais um pouco profissionalmente.

A ideia ainda está de pé, queremos ser uma empresa que fará muitos casamentos, aniversários e feiras geeks.

Ganhei experiencia também na feira de antiguidade, que de certa forma também é um cosplay de época e representar um personagem da época de 50, 60 e por aí vai.

Ultimamente estou parada com as lives, por falta de ideias e um pouco de tempo, mas quem quiser, estou aberta a ideias, sugestões para a pagina e muito mais.

Ser Geek é viver a magia, e estar com o seu personagem favorito e tirar foto é ser feliz e ter um momento de alegria que muitas vezes você não pode por vários motivos estar com o personagem original naquele momento.

Feira de Antiguidades da Praça Tamandaré. Da esquerda pra direita: Condessa Valéria Vaz, Caroline Pinheiro, Valquíria Vital, King Arthur e Thaynara Crispim.

Feira de Antiguidades da Praça Tamandaré. Da esquerda pra direita: Condessa Valéria Vaz, Caroline Pinheiro, Valquíria Vital, King Arthur e Thaynara Crispim.

Valquíria Vital como Dama de Época

Valquíria Vital como Dama de Época

Valquíria Vital como Dama de Época

Valquíria Vital como Dama de Época

 

Caroline

Baixe o e-book e saiba mais sobre.