Bem-vindo, use nossas ferramentas de acessibilidade.
C C C C
A- A+
Por aí. /Agenda da Cidade.

PROCENA começa nesta quarta-feira tematizando dança, acessibilidade e profissionalização para artistas com deficiência

Primeiro dia do evento conta com programação internacional, com apresentação do espetáculo “Dez Mil Seres”, com a cia portuguesa Dançando com a Diferença

5 de outubro de 2020
PROCENA começa nesta quarta-feira tematizando dança, acessibilidade e profissionalização para artistas com deficiência

Divulgação.

A edição 2020 do PROCENA, totalmente virtual, começa nesta quarta-feira (7/10) e vai até sábado (10/10) com uma programação cheia de oficinas, webinários e espetáculos que tematizam a dança, a acessibilidade e a profissionalização para artistas com deficiência.  A programação será transmitida através do YouTube, Instagram e Facebook do evento e contará com libras e recursos de audiodescrição. Nesta quarta-feira, esta terceira edição do evento conta com uma atração internacional: às 19 horas será apresentado o espetáculo de dança, “Dez Mil Seres”, da cia portuguesa Dançando com a Diferença. Neste primeiro dia de evento, serão oferecidas duas oficinas: de “Dance ability”, com Ana Alonso, às 9 horas e “Corpo Zona Dissoluta”, com Alexandre Américo, às 14 horas. Às 17 horas acontece o primeiro debate do evento com o Webinário “Papo #PraCegoVer”, com Patrícia Braille e Luciene Gomes. O PROCENA conta com apoio do Fundo de Arte e Cultura de Goiás.

Até o final de semana, ainda passam pelo palco virtual do PROCENA os espetáculos “die einen, die anderen – alguns outros”, da Cia Gira Dança, do Rio Grande do Norte, “Berorrokan – A origem do mundo karajá”, do INAI/ NAIBF, de Goiás e “Similitudo”, do Projeto Pés, do Distrito Federal. A programação ainda oferece oficinas de dança inclusiva, de criação cênica acessível em ambiente virtual, “corpo zona dissoluta”, “movimente” e “Estranho hoje?!!, normal amanhã?!!!”. Também conta webinários sobre formação em dança e recursos de acessibilidade, políticas culturais e a produção de artistas com deficiência e sobre corpos diferenciados e a cena. Ainda será exibida a websérie “Essa é minha arte! Qual é a sua?” durante todas as manhãs do evento.

O PROCENA, previsto para ser realizado presencialmente neste ano, teve de adaptar toda a programação para o meio virtual. As barreiras arquitetônicas e urbanísticas, uma das maiores inimigas da acessibilidade, deixaram de ser uma preocupação para a produção. Por outro lado, o acesso à informação e à comunicação teve de ser bem pensado para garantir que a programação chegue a todos e todas. “A realização virtual impediu o contato físico, porém ampliou o alcance do evento, gerando discussões que vão além das fronteiras, trocas de conhecimentos e experiências que podem enriquecer ainda mais a participação de todos”, comenta positivamente o coordenador Thiago Santana.

 

A dança e a acessibilidade

O evento neste ano inaugura a proposta de, a cada edição, discutir uma linguagem artística cênica e sua relação com a acessibilidade. O PROCENA teve duas edições anteriores, em 2016 e 2018, quando os debates estiveram centrados nas perspectivas e mecanismos que envolvem a acessibilidade na produção cênica. As discussões apontaram a dança como uma linguagem que inclui e oferece mais possibilidades de acessibilidade para artistas e também para espectadores com deficiência. “Esses debates nos fizeram decidir por começar esta nova proposta com a dança, suas contribuições para a produção cênica, seus processos formativos e composições estéticas da cena inclusiva e acessível”, justifica Thiago Santana, coordenador do evento.

Santana destaca a importância de mecanismos de fomento incluírem exigências e orientações para uma produção inclusiva e acessível às produções artísticas. É o caso, por exemplo, do Fundo de Arte e Cultura de Goiás. “O FAC tencionou positivamente uma produção cada vez mais democrática, permitindo a inclusão de novos consumidores de arte e cultura. Com isso, a cena acessível em Goiás já é uma realidade cada vez mais crescente”, avalia Thiago. Ele lembra, contudo, que isso é fruto das metas do Plano Nacional de Cultura, em diálogo com outros marcos legais como a Convenção da Pessoa com Deficiência e a Lei Brasileira da Inclusão. Instrumentos que, por sua vez, são resultados de debates e discussões da área, como esses que serão realizados nesta edição do Procena.

Serviço: Edição 2020 – PROCENA – dança, acessibilidade e profissionalização para artistas com deficiência 

Datas: 7 a 10 de outubro

Transmissão: Instagram, Facebook e YouTube do Evento.

Programação completa: http://procenago.com/procena_2020/

7 de outubro: 

9h – Oficina “Dance ability”, com Ana Alonso

14h – Oficina “Corpo Zona Dissoluta”, com Alexandre Américo

17h – Webinário “Papo #PraCegoVer”, com Patrícia Braille e Luciene Gomes

19h – Espetáculo “Dez Mil Seres”, com a Cia Dançando com a Diferença (Portugal)

8 de outubro: 

8h – Websérie “Essa é a minha arte! Qual é a sua?”

9h – Oficina  de Dança Inclusiva “Estranho hoje?!!, normal amanhã?!!!”, com Marline Dorneles

14h – Oficina “Corpo Zona Dissoluta”, com Alexandre Américo

17h – Webinário “Políticas culturais e a produção de artistas com deficiência”, com Sacha Witkowski, Claudia Reinoso, Ingrid David e Eduardo Victor

19h – Espetáculo “Berorrokan – A origem do mundo Karajá”, com INAI/NAIBF – GO

9 de outubro: 

8h – Websérie “Essa é a minha arte! Qual é a sua?”

9h – Oficina  de Dança Movi(mente), com Ana Balata e Laysa Gladistone

14h – Oficina de Criação Cênica Acessível em ambiente virtual, com Thiago Santana

17h – Webinário “Formação em dança e recursos de acessibilidade”, com Marlini Dorneles (UFG), Vanessa Santana (UFG) e Marcelo Marques

19h – Espetáculo “Similitudo”, com Projeto Pés (DF)

10 de outubro: 

8h – Websérie “Essa é a minha arte! Qual é a sua?”

9h – Oficina  de Dança Movi(mente), com Ana Balata e Laysa Gladistone

14h – Oficina de Criação Cênica Acessível em ambiente virtual, com Thiago Santana

17h – Webinário “Corpos diferenciados e a cena”, com Henrique Amoedo, Mônica Gaspar e Alexandre Américo.

19h – Espetáculo  “die einen, die anderen – alguns outros”, com a Cia Gira Dança (RN)

Redação Antes do Ponto Final

Baixe o e-book e saiba mais sobre.