Bem-vindo, use nossas ferramentas de acessibilidade.
C C C C
A- A+
Por aí. /Folhetim.

Por que os contos de fadas devem inspirar mais crianças e adultos?

‘’𝐴𝑠 𝑝𝑒𝑠𝑠𝑜𝑎𝑠 𝑝𝑜𝑑𝑒𝑚 𝑛𝑎̃𝑜 𝑠𝑒 𝑎𝑝𝑎𝑖𝑥𝑜𝑛𝑎𝑟 𝑝𝑜𝑟 𝑣𝑜𝑐𝑒̂, 𝑚𝑎𝑠 𝑒𝑙𝑎𝑠 𝑠𝑒 𝑟𝑒𝑛𝑑𝑒𝑚 𝑎̀ 𝑠𝑢𝑎 𝑐𝑎𝑢𝑠𝑎. 𝑈𝑚 𝑝𝑟𝑜𝑝𝑜́𝑠𝑖𝑡𝑜 𝑐𝑙𝑎𝑟𝑜 𝑡𝑒𝑚 𝑜 𝑝𝑜𝑑𝑒𝑟 𝑑𝑒 𝑢𝑛𝑖𝑟 𝑝𝑒𝑠𝑠𝑜𝑎𝑠 𝑒𝑚 𝑡𝑜𝑟𝑛𝑜 𝑑𝑒 𝑢𝑚𝑎 𝑚𝑒𝑠𝑚𝑎 𝑐𝑜𝑖𝑠𝑎’’. - 𝑀𝑎𝑢𝑟𝑖́𝑐𝑖𝑜 𝐵𝑒𝑛𝑣𝑒𝑛𝑢𝑡𝑡𝑖

28 de agosto de 2021
Por que os contos de fadas devem inspirar mais crianças e adultos?

Free Stock Photos

Os contos de fadas são geralmente considerados “apenas para crianças”, mas na verdade muitos adultos também gostam de lê-los. Eles contêm lições morais profundas que os adultos podem aprender. Eles também são um tesouro de informações sobre a cultura e o ambiente em que a história se passa.

Cada cultura tem seu próprio conjunto de contos de fadas, mas uma coisa permanece a mesma – o conto de fadas sempre tem um final feliz. Os contos de fadas ilustram a necessidade humana universal de contar histórias até as obras literárias mais conhecidas em muitas civilizações antigas.

Hoje, podemos ler histórias de todo o mundo, escritas por diferentes escritores como Hans Christian Andersen, George MacDonald e Lewis Carroll. Visto que diferentes culturas têm diferentes valores e crenças, não é surpreendente que haja muitas variações nos tipos de histórias contadas.

Acredita-se que essas histórias se originaram na Europa e se espalharam por todas as partes do mundo com a colonização. As “histórias para crianças e famílias” dos Irmãos Grimm (também conhecidas como Contos de fadas de Grimm) eram muito populares entre os jovens leitores na Europa na época porque eram consideradas mais adequadas para as crianças lerem do que outras histórias.

 

Os contos de fadas existem há muito tempo e ainda são populares

O termo “conto de fadas” às vezes é usado para descrever qualquer tipo de história de ficção que envolva um mundo fictício com magia, coisas, pessoas e lugares. No entanto, no sentido mais amplo, um conto de fadas é uma história oral. Isso significa que é inicialmente contado a outra pessoa oralmente e, em seguida, transmitido oralmente de geração em geração. Esse tipo de conto de fadas é frequentemente usado como uma forma de ensinar moralidade às crianças e como viver.

A forma de conto de fadas é uma história reconhecível com elementos mágicos e de fantasia. Os exemplos mais famosos são os contos de fadas dos Irmãos Grimm, como “Cinderela”, “Bela Adormecida”, “Branca de Neve” e etc.

Todos eles estão localizados em um mundo muito semelhante ao nosso, com desejos, desafios e emoções humanas familiares. A principal diferença é que sempre há forças mágicas em ação nesses mundos. Às vezes, as fadas são benignas, mas às vezes não.

 

Retratos da vida

Um dos fenômenos de popularidade descoberto na última edição dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, Rayssa Leal, a Fadinha, conquistou aos 13 anos a prata no skate street nas Olimpíadas. Mas algo comum à trajetória de Rayssa sensibilizou milhões de fãs de todo o país, que se identificaram com a história de vida da atleta: ela veio de uma família humilde e com poucas oportunidades, mas com foco na educação como melhor ferramenta na busca por um destino promissor.

No novo conto de fadas da Disney reimaginado, ela é a heroína de sua própria história. Os contos de fadas do século 21 são diferentes. Eles são sobre princesas e heróis que lutam pelo futuro da humanidade no espaço sideral.

Muitos países no mundo são, em sua maioria, empobrecidos. Nesses países, é difícil progredir na vida. Existem crimes, violência e outros obstáculos que tornam difícil superar as adversidades. Mas isso não significa que as pessoas não trabalhem muito ou tentem superar esses obstáculos.

Mesmo em países pobres como o Haiti, as pessoas continuarão a jogar futebol com equipamentos improvisados. Isso mostra o quanto eles querem ter sucesso e se divertir ao mesmo tempo. Ser criança é viver no mundo da fantasia e da imaginação, olhar o outro sem preconceito, ser curioso.

Em uma época de terrorismo e guerra, onde o mundo está desmoronando ao nosso redor, precisamos contar a nossos filhos histórias sobre heróis que lutam pelo que é certo. Nossa protagonista, a Rayssa Leal – fadinha do skate, sai pelo mundo para conquistar os dragões e monstros que ameaçam a todos nós.

A nova protagonista do conto de fadas é a princesa, Rayssa Leal. Ela luta contra as forças do mal e da injustiça em seu próprio castelo ou palácio, e não está esperando que um herói venha salvá-la.

 

Criando histórias

E se você pudesse experimentar o melhor dos melhores enredos sem ter que lidar com o pior dos piores? E se uma obra de literatura, seja um romance ou ensaio, pudesse ser escrita por você? O resultado é um livro divertido e caprichoso para adultos que explora a alegria de encontrar o amor com alguém especial.

Imagine escrever um novo livro todos os dias. Uma história pode ser sobre qualquer coisa e ter qualquer cenário: da invasão de animais ao mundo das bruxas. Pode cobrir qualquer assunto, desde amor e amizade até política e crime. As possibilidades são infinitas!

Nesse sentido, não importa se estamos nos contos de fadas do passado ou nas fábulas do amor moderno: sempre há espaço para um final feliz. Mas o que é preciso para chegar a esse final feliz? Bem, um pouco de sorte, um pouco de coragem e muito amor.

Existem muitas maneiras de contar uma história de amor extraordinária. Às vezes é tudo sobre o romance, outras vezes é sobre um amor que transcende o tempo e o espaço. Acreditamos que toda história de amor merece um final feliz, por mais complicado que seja. É por isso que voltamos nossa atenção para essas histórias.

Stela Maris

Pesquisadora, observadora e contadora de histórias. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Possui MBA Assessoria de Imprensa na Comunicação Digital. Gosta de escrever e de falar sobre jornalismo e mídias digitais! Entusiasta da comunicação, tecnologia, empreendedorismo, arte, design, criatividade e cultura. No projeto Antes do Ponto Final, escreve mensalmente sobre arte, cultura, dança, criatividade e outros temas que possam ser interessantes dentro desse universo.

Baixe o e-book e saiba mais sobre.