Bem-vindo, use nossas ferramentas de acessibilidade.
C C C C
A- A+
Por aí. /Miscelânea.

Perfil: Laíra Alves e sua paixão pela arte

Laíra Alves, a atriz e artesã da loja virtual Fazendo Arte

6 de fevereiro de 2021
Perfil: Laíra Alves e sua paixão pela arte

“A arte existe
Porque a vida não basta.”
Ferreira Gullar

Laíra Alves mostrando produção artesanal especializada em feltro. Créditos da foto: Fernanda Maia Fotografia

Laíra Alves mostrando produção artesanal especializada em feltro. Créditos da foto: Fernanda Maia Fotografia.

Hoje, vim aqui apresentar o trabalho de Laíra Alves, atriz e artesã.

Laíra Alves mora na cidade de Camaçari, Bahia, e tem como área de atuação Bacharel Interdisciplinar em artes, atriz e artesã, bem como a arteira da Loja virtual Fazendo Arte, e desde já você pode acompanhar seu trabalho em seu Instagram: @laira.alves (ou acesse aqui). Sua loja virtual também possui Instagram: @lojavirtualfazendoarte (ou acesse aqui).

Laíra Alves mostrando produção artesanal especializada em feltro. Créditos da foto: Fernanda Maia Fotografia.

Laíra Alves mostrando produção artesanal especializada em feltro. Créditos da foto: Fernanda Maia Fotografia.

Laíra Alves mostrando produção artesanal especializada em feltro. Créditos da foto: Fernanda Maia Fotografia.

Laíra Alves mostrando produção artesanal especializada em feltro. Créditos da foto: Fernanda Maia Fotografia.

Laíra Alves nasceu na capital São Paulo, na década de 1990, o mesmo período e berço da criação do Método do Teatro da Solidão Solidária. O Teatro da Solidão Solidária foi criado por Ivan Antônio, dramaturgo, poeta, ator, diretor e cineasta, e também pai de Laíra Alves. Cresceu nos bastidores de espetáculos, produções artísticas e oficinas do Método, compondo sua formação como ser humano e início da carreira artística.
Em 2004, Laíra Alves mudou-se para o município de Camaçari, na Bahia e logo realizou espetáculos teatrais como “A caminho da ternura”, com Paulo Betti e Sérgio Mamberti, bem como participando de grupos locais como: Teatro Amador de Camaçari (TAC), Bando de Teatro Resistência, Companhia Camaçariense de Diversão e arte. A artista realizou cursos e oficinas de produção cultural, interpretação, criação de roteiro, dança contemporânea, ballet e dança de salão.
Posteriormente, no ano de 2010, Laíra ingressou na Universidade Federal da Bahia, no Bacharelado Interdisciplinar em artes artes com área de concentração em Teatro e logo depois iniciou o trabalho artístico no Museu de Ciência e Tecnologia da Cidade do Saber (Complexo de cultura, arte, educação e esportes em Camaçari).

Laíra Alves mostrando produção artesanal especializada em feltro. Créditos da foto: Fernanda Maia Fotografia.

Laíra Alves mostrando produção artesanal especializada em feltro. Créditos da foto: Fernanda Maia Fotografia.

No ano de 2015, a artista inicia a produção artesanal especializada em feltro, produzindo bonecas, caricaturas e feituras manuais, logo criando sua loja Fazendo Arte. Em 2017, compôs a Assessoria de produção do Mestre Bule, repentista, cordelista, sambador e poeta baiano. Em 2021, a produção da artista é voltada principalmente para o público LGBTQIA+, crianças negras, mulheres e pessoas com deficiência.

Enfim, esta foi uma pequena biografia sobre Laíra Alves, mostrando um pouco de seu maravilhoso trabalho. Não deixem de acompanhá-la no Instagram

Caroline Ishida Date

Sou arqueóloga e desde 2015 produzo de conteúdo digital voltado principalmente para o universo de fanfics e a cultura japonesa, uma das minhas suas paixões. No projeto Antes do Ponto Final escrevo sobre música e poesia brasileira, assuntos que gosto muito, sobre a cultura geek em Goiás e os artistas transformistas de Estado.

Baixe o e-book e saiba mais sobre.