Bem-vindo, use nossas ferramentas de acessibilidade.
C C C C
A- A+
Por aí. /Nossa Agenda.

Entrevista com o autor Francisco Costa

10 de outubro de 2020
Entrevista com o autor Francisco Costa

A entrevista de hoje é com o jornalista e autor goiano Francisco Costa. Quando o conheci, havia pouco tempo que Francisco havia publicado seus quadrinhos e estava com um stand de vendas no Mandrake Comic Shop. Desde então, tento acompanhar todas as suas histórias de fantasia. Recente, pelo Instagram, eu o convidei para essa entrevista para o Antes do Ponto Final.

Uma foto do Francisco Costa expondo os seus livros em um evento

Francisco Costa

 

Nome: Francisco Costa
Instagram: @francisco_costa85hq

1. Lembro-me de ter lido alguns de seus livros de fantasia. Maravilhosos, por sinal. E parece que está tendo um público cada vez maior para o gênero literário de fantasia. Quando começou a escrever, de modo geral? E quando entrou para o mundo da fantasia?
Eu escrevo desde criança, na verdade. Gostava de brincar de fazer quadrinhos amadores junto com meu amigo de infância e também quadrinista, Thiago Dornelas. Depois de adulto, resolvi tentar fazer algo mais profissional e, em 2008, comecei a desenvolver minha primeira HQ nesse sentido: A Última Fábula. Como precisava de recursos para financiar desenhistas e da lei de incentivo a cultura para viabilizar a impressão, o projeto foi parado e retomado, apenas, em 2013. Assim, em 2016 eu consegui lançá-la. Oficialmente foi a data que entrei para o mundo de fantasia medieval.

2.Quais seus livros já publicados? E onde há a venda de seus livros?
A Última Fábula (2016) (roteiro meu e arte de Zakuro Ayoama, Eduardo Araújo, Zoreia Diniz e Dirceu Sousa, Glauber Lopes, Gerson Moriyaso, Elson Souto e Diana Doria), Louis De Dampierre (2016) (roteiro meu e arte do Glauber) e Insurreição (2018) (roteiro e artes minha e cores de Dirceu Sousa). Tenho, ainda, uma web comics no Tapas, A Última Fábula: Contos (2019-2020) (faço tudo, aqui, rs), que é gratuita para quem quiser ler. E, neste ano, lancei, só em PDF, Próximo do Fim (roteiro meu e arte da Cátia Ana). Quem tiver interesse nas três primeiras, pode procurar o site Céleblo Comics (https://www.celeblo.com.br/) ou a Mandrake Comic Shop. A web comics está aqui: https://tapas.io/episode/1440413. E a Próximo do Fim é só me procurar.

Foto de Francisco Costa expondo seus quadrinhos em um evento do Shopping Bougainville

Francisco Costa em uma exposição no Shopping Bougainville

3. Cada escritor tem seu ritual da escrita, para entrar no clima e começar a construir sua história. Qual é o seu?
Eu tenho o costume de ouvir música (rock progressivo setentista, normalmente). Como não é algo profissional, mas um hobby, eu costumo esperar a inspiração e depois de escrever um pouco reviso as ideias.

4. Quais são seus escritores favoritos? Por quê?
Neil Gaiman, Alan Moore, Warren Elis, Katsuhiro Otomo. Acho que posso dizer pelas obras. Sandman, de Gaiman, é meu trabalho preferido; 90% da produção de Alan Moore é genial; a HQ Planetary, de Elis, é uma das coisas mais legais que já li; e Otomo criou Akira, que é algo que me fez gostar de quadrinhos – vi a animação ainda criança e conheci os quadrinhos da editora Globo (não tinha, mas via e achava lindo). Consegui comprar os seis volumes recentemente e fiquei muito feliz.

5. Além de seu trabalho como escritor, você tem outros trabalhos?
Eu escrevo e desenho quadrinhos como hobby. Eu sou jornalista profissional há cerca de 10 anos. Trabalho, atualmente, no Mais Goiás. De qualquer forma, só trabalho escrevendo, rs. Ah, estou terminando o curso de Direito pra escrever ainda mais.

 

Meus sinceros agradecimentos ao Francisco Costa, por ter se interessado em participar dessa entrevista.

Caroline

Baixe o e-book e saiba mais sobre.