Bem-vindo, use nossas ferramentas de acessibilidade.
C C C C
A- A+
Por aí. /Miscelânea.

A virada de Paulo Amorim após um ano de dores

Ele se reinventa, nos informa, nos diverte e nos inspira. Para falar sobre a carreira, os desafios da vida e a nova fase do canal no YouTube, conversamos com o influencer digital

23 de junho de 2021
A virada de Paulo Amorim após um ano de dores

Sempre cheio de energia, além de múltiplas tarefas profissionais, o YouTuber, ainda consegue equilibrar saúde, paternidade e casamento, tudo sem perder a boa forma e o humor. Tem mais: sua capacidade de se reinventar é outra característica muito marcante.

Ele é coreógrafo, professor, personal dance, empreendedor, design gráfico… e um profundo apaixonado e conhecedor da dança.

São mais de 13 anos de carreira. Nesse tempo, ele construiu uma imagem sólida como dançarino com centenas de aulas e eventos em seu vasto currículo, graças ao seu imenso talento e carisma.

Durante o período de quarentena, Paulo Amorim (28) ficou isolado em casa com a mulher, Túlia Jéssica (30) e com o filho Luan Henrique (2). O apoio da família foi fundamental nesse momento tenso da vida dele.

Totalmente recuperado, Paulo relembra o difícil período de internação na UTI. O medo da morte era iminente. Desde a saída do hospital, Paulo se sente um novo homem. Tanto que ele voltou com as aulas em academias. A empreitada marca ainda o lançamento de um canal assinado pelo YouTuber.

O humor faz parte do dia a dia da família, que mostra sua rotina em casa, em Aparecida de Goiânia (GO). Mesmo na pandemia, Paulo Amorim não deixou de lado seus projetos. Ele intensificou os estudos, se dedicou mais à produção de conteúdos, e divide com seus seguidores a paixão pela arte da dança.

Paulo Amorim é o responsável pelas produções do novo canal no YouTube. Ele descobriu muito cedo seu gosto pela dança. Filho de Cristiane da Cunha e Edson Amorim, o goiano carrega consigo a carga afetiva de sua criação e o estilo de vida de seus pais, reforçando sua origem, suas crenças e exteriorizando essa sensibilidade nos projetos que desenvolve.

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal | O influencer acumula mais de 1,5 milhões de seguidores no Instagram, 162 mil inscritos no YouTube

 

O gingado genuíno, o talento pela arte da dança, somados com o humor e carisma norteiam seu estilo. Seu estilo espontâneo diverte todas as idades que se identificam com a linguagem e expressões da região onde nasceu e que carrega até hoje. Em seus vídeos, ele cria os mais diferentes tipos de conteúdos, sendo os que mais viralizaram são os tutoriais de dança.

Em Aparecida de Goiânia (GO), onde vive, ele aproveita o período para se dedicar a novas empreitadas profissionais e, por mais que sinta falta dos eventos, demonstra gratidão pelos atuais aprendizados.

O goiano começou a produzir conteúdos para a internet em 2008. Foi a atitude mais acertada que poderia ter! Seus vídeos de coreografias, dicas, tutoriais e truques de passinhos de funk conquistaram milhares de seguidores, fazendo-o tornar-se um influenciador digital de peso, além de empreendedor de sucesso.

Por conta da pandemia, das medidas de isolamento e da pausa forçada em sua agenda, Paulo tem conseguido acompanhar toda a evolução do Luan Henrique mais de perto. O período o fez valorizar ainda mais a vida em família.

Nas redes sociais, ele compartilha momentos de carinho ao lado do pequeno. Mesmo antes de a pandemia impor o isolamento social, eles já tinham um no outro a sua principal companhia para a rotina diária.

 

NOVA ERA – AMORINS 

Reconhecido por sua potência na arte da dança e na trajetória artística como  personal dance e produtor de conteúdo, Paulo Amorim lança seu canal oficial no YouTube, em que vai mostrar suas vivências e experiências extraordinárias na dança. Com coreografias semanais e diferentes quadros a serem lançados ao longo dos próximos meses, o canal conta com conteúdos que buscam mostrar o dia a dia, os treinamentos e o cotidiano do dançarino.

Quando não está trabalhando, Paulo se diverte com o filho, Luan (2), da união com a Túlia Jéssica (30). Apesar das dificuldades, desistir nunca foi uma opção. Aguardado ansiosamente por toda a família, Luan Henrique é a realização do sonho do YouTuber.

O projeto promete muitas coreografias, aventuras e diversões! O que não faltará é descontração para aproximar ainda mais os profissionais de dança do público. No bate-papo com Antes do Ponto Final, o YouTuber contou que está dedicado à criação do filho e aproveitando cada momento com Luan Henrique. Acompanhe o papo inspirador que tivemos com o YouTuber.

 

🔸 Quem é o Paulo Amorim?

Filho de Cristiane da Cunha e Edson Amorim, esposo e pai dedicado a família. Atualmente Professor de Ritmos em academias e coreógrafo de noivos e debutantes, YouTuber e fundador proprietário da Amorins. Extrovertido, alegre, bem-humorado, compreensivo e amigo.

 

🔸 Quem foi o seu maior incentivador na carreira artística?

Meu pai, Edson Amorim e minha Vó Jacy Flores.

 

🔸 Quem é a sua grande referência na dança?

Até hoje me inspiro no grande Michael Jackson.

 

🔸 Quando você percebeu o fascínio pelo universo da dança? De onde vem tanta inspiração?

Foi aos 7 anos de idade quando via meu pai ensaiando passinhos mais os seus amigos, então, considero o meu pai a minha maior inspiração.

 

🔸 Como surgiu o interesse pela dança e quais mudanças você percebe em seu corpo e mente?

Atrás do meu pai eu conheci a dança, foi a melhor coisa que me aconteceu. Quando eu dançava eu me sentia livre e as vezes parecia que estava voando.

 

🔸 Quando você percebeu sua vocação pela dança?

Aos 16 anos quando começou a ficar mais sério, onde eu fiz minha primeira coreografia para uma debutante e iniciei vários grupos de dança.

 

🔸 Qual ou quais são suas referências na dança?

Chris Brown, Michael Jackson, Bruno Mars, Artista completos

 

🔸 Como foi receber do YouTube a primeira placa por atingir mais 100 mil inscritos no canal?

Pode perguntar para qualquer YouTuber, que vão dizer que a maior conquista do Canal é a primeira Placa de 100 mil, pois é a mais desejada quando iniciamos no YouTube. Então foi a melhor coisa, quis colocar o nome na placa de “Família Amorim” pois se não fosse os inscritos eu não teria conquistado a placa no Ano de 2018.

 

🔸 E ser pai é tudo o que você imaginava ou é ainda melhor? O que a paternidade mudou na sua vida?

Ser pai é a melhor coisa do mundo, um dos meus maiores sonho era ter um filho, mudou praticamente tudo na minha vida. Hoje eu penso mil vezes antes de tomar qualquer decisão, pois dependendo a decisão pode afetar diretamente ao meu filho.

 

🔸 Talvez ainda seja cedo para perguntar, mas agora que o Luan Henrique já está maiorzinho, vocês pensam em ter mais filhos?

Olha, com o nascimento do Luan foi seguido de vários acontecimentos traumáticos, ficamos meio assim quanto em relação a outro filho. Mas é algo que não descartamos, futuramente creio que sim.

 

🔸 Em 2019 você sofreu um acidente, você acabou se machucando, quebrou a perna direita e precisou ficar um tempo com ela imobilizada e se manteve firme. De onde vem essa força admirável? Como foi a recuperação? E, atualmente, como você está?

Tenho uma tia (irmã do meu pai) que já passou muitas dificuldades na vida, uma vez eu perguntei pra ela qual motivo que ela tinha pra se manter sempre sorrindo e brincando, ela me respondeu: “Viva sua vida sorrindo e tirando sempre algo bom das coisas ruins que te acontece, assim a vida se torna mais leve”. Desde então eu sempre tento tirar algo bom das coisas ruins hoje, quando eu estava internado eu tinha duas opções, ficar triste ou ficar feliz e deixar outras pessoas felizes apesar da situação que estamos passando, e foi assim que eu levei 25 dias internado.

 

🔸 Como você está passando por esta pandemia?

Às vezes bate aquela ansiedade e desespero, mas tento sempre manter uma saúde mental para não prejudicar no meu desempenho em tudo. Mas, por outro lado  fico com a minha família e isso pra mim é algo que eu gosto muito. Amo assistir filme e fazer maratonas de séries.

🔸 Você acredita que todos sairão transformados após a passagem desse vírus?

Penso que com certeza, a pandemia nos ensinou muita coisa. Irei posicionar um ensinamento. Nunca tenha apenas um tipo de renda, aprenda a fazer várias fontes de renda. Graças a Deus, eu não estava dançando mais, eu estava trabalhando com outra profissão que tenho, Designer Gráfico.

🔸 Dançarino e agora empreendedor. Você lançou o centro de treinamento, Amorins, durante a pandemia. Como foi se arriscar na área? O que fez para superar esse desafio e seguir em frente?

Como jogar de futebol o dançarino tem uma validade, e antes de eu chegar nela, eu quis criar algo grande que poderia favorecer novas pessoas que sempre teve o sonho de se tornar um Dançarino Profissional ou até mesmo um praticante mediano.

 

🔸 Além de dançarino e coreógrafo, existe o Paulo Amorim empreendedor. Conte sobre seus projetos.

Empreendedor pra mim é o cara que resolve problemas, após ficar internado e receber várias ligações de contratantes, eu percebi que tinha uma demanda de Dançarinos em Goiânia, mais que não tinha muitos. Foi onde eu tive a ideia de criar a Amorins, mais antes de eu criar, eu precisava de algumas pessoas que tinha capacidade de fazer a minha ideia acontecer, foi onde eu chamei o meu CEO Jhony Cruz e o Mestre Fábio, sócio. Cada um atua em sua área para fazer a Amorins ser uma marca de sucesso. Jhony é o cara que trabalha no business e o Fábio o responsável em treinar o pessoal e torná-los hábitos ao mercado.

 

🔸 Qual dica você dá para aqueles que querem empreender?

Vai empreender, dedica um grande tempo para escolher as pessoas certas e capacitadas pra tornar a sua ideia ou a sua empresa em algo de sucesso, é melhor ter um sócio que possa carregar e equilibrar o peso de uma empresa junto a você.

 

🔸 Quais são seus planos pós-pandemia?

Fazer muitos eventos, capacitar muitas pessoas, crescer a Amorins em escala nacional e internacional

 

🔸 Qual é a maior lição que você aprendeu com a pandemia?

Nunca deixa pra fazer amanhã o que você pode fazer agora, pois amanhã pode ser tarde demais.

 

🔸 Assim como a liderança estratégica pode colocar uma equipe em forma, é possível treinar o corpo e a mente para combater de forma eficiente qualquer oponente. Estas possibilidades profissionais estão relacionadas aos conteúdos que você produz para a internet? Trabalhando com humor, fica mais fácil se manter otimista?

Com certeza, o sorriso é contagiante. Eu sou uma pessoa alegre e tento passar um pouco da minha alegria para todos que me acompanha ou até mesmo pessoas próximas, ter positividade nas coisas faz com que o mundo ajude na energia.

 

🔸 A internet se tornou ainda mais essencial de um ano para cá. Para você, que trabalha diretamente neste meio, houve muita diferença?

A pandemia pra mim meio que antecipou algo que eu já imaginava, a diferença que teve foi na minha profissão de designer, que valorizou mais e a demanda aumentou.

 

🔸 Como está sua rotina profissional atualmente?

Durante horário comercial eu trabalho em home como designer.

Após às 18 horas eu dou aula de Ritmos em Academia.

 

🔸 O setor de eventos foi um dos mais afetados com a pandemia. Foi muito difícil se adequar a esta nova realidade?

Mega difícil, principalmente pra mim que estava acostumado em fazer grandes eventos de dança para mais de 400 pessoas. Mas esse tempo me fez olhar com outros olhos para os eventos de Dança, que é algo que iremos colocar em prática nos próximos eventos da Amorins.

 

🔸 Paulo, quando pensa sobre o futuro, o que vem à mente?

Um cara bem sucedido tanto financeiramente quanto emocionalmente, o cara que ajudou muitas pessoas e mudou muitas vidas através da dança.

 

🔸 Qual conselho você deixa para quem te acompanha e quer seguir na vida artística?

PERSISTÊNCIA, nada supera a persistência nem mesmo o talento.

 

🔸 Você tem alguma frase que leva para a vida?

Viva a vida sorrindo!

 

🔸 Qual conselho você daria para quem está precisando dar aquele estímulo na vida?

Procure algo que te faça vivo, faça algo que te transborde de felicidade.

 

🔸 Uma mensagem para quem enfrenta dificuldade e não consegue enxergar novas e boas perspectivas na vida.

Todo mundo tem problemas, a diferença que às vezes o seu problemão pra mim pode ser pequeno e o meu problemão pra você pode ser pequeno. Então o segredo é aprenda a respeitar as coisas que acontece em sua vida, tudo é um aprendizado e experiência.

 

🔸 Um sonho realizado.

Meu filho.

 

🔸 Um sonho a conquistar.

Empresa multinacional.

 

O YouTuber e influencer, Paulo Amorim, conta como vídeos de tutoriais caseiros transformaram a sua vida e o fizeram tornar-se inspiração para seus seguidores. Veja todos os detalhes no canal #Amorins ou clica no botão abaixo.

Vídeo: Reprodução/YouTube | NOVA ERA – AMORINS

Stela Maris

Pesquisadora, observadora e contadora de histórias. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Possui MBA Assessoria de Imprensa na Comunicação Digital. Gosta de escrever e de falar sobre jornalismo e mídias digitais! Entusiasta da comunicação, tecnologia, empreendedorismo, arte, design, criatividade e cultura. No projeto Antes do Ponto Final, escreve mensalmente sobre arte, cultura, dança, criatividade e outros temas que possam ser interessantes dentro desse universo.

Baixe o e-book e saiba mais sobre.