Bem-vindo, use nossas ferramentas de acessibilidade.
C C C C
A- A+
Por aí. /Nossa Agenda.

5 formas para ajudar um autor nacional

15 de setembro de 2020
5 formas para ajudar um autor nacional

Você lê muitos livros nacionais? Sabe como ajudar um autor nacional?

Se você é uma pessoas que faz a leitura de muitos livros nacionais, parabéns e obrigada! Eu e outros escritores nacionais ficamos muito feliz com essa notícia e torcemos para que um dia nossos livros possan chegar até você e serem lidos. Mas você sabe como ajudar um (a) autor (a) nacional? Continue lendo este post…

  1. Avalie na Amazon: Quando finalizar a leitura de um livro nacional seja ele físico ou digital, deixe sua avaliação na Amazon. Dessa forma você ajuda o autor com um feedback, seja por meio de uma avaliação por estrelas, por um comentário ou por uma breve resenha, sobre sua escrita. Além de fornecer visibilidade ao livro dentro da plataforma, consequentemente atingindo mais pessoas a conhecerem a obra e o autor.
  2. Utilize o Skoob: O Skoob funciona como uma rede social de leitores, nela você pode colocar suas metas de leituras, seus livros lidos, seus livro desejados, entre outras coisas. Quando finalizar a leitura do livro nacional, avalie, resenhe ou comente sobre o livro dentro da plataforma. Dessa forma, você mostra aos seus seguidores e ajuda o autor com a divulgação da obra.
  3. Adquira os livros: Os ebooks, em geral, são muito mais baratos. Entendam que o mercado editorial no Brasil é brutal e difícil, então é normal que os livros físicos sejam um pouco mais caros. Mas, quando puder, separe um dinheirinho para adquirir um exemplar físico ou digital. Assim você incentiva e encoraja o autor a continuar escrevendo cada vez mais!
  4. Indique: Seja pelo Whatsapp, Telegram, Facebook, Instagram, Youtube, blogs… Sua indicação pelas redes sociais faz com que o autor adquira novos leitores e com que novas pessoas possam conhecer seu trabalho.
  5. Diga NÃO à pirataria: Quando um livro é distribuído em formato PDF, epub, mobi, etc, de forma gratuita e/ou sem a autorização prévia do autor, ele deixará de ser monetizado. Consequentemente, o trabalho do autor ficará em livre circulação e ele não lucrará, o que faz com que ele não adquira valores que poderiam ser investidos futuramente em novas publicações. Além disso, é CRIME e desrespeito com todo o trabalho que o autor se dedicou e investiu.

Utilizando desses passos e agregando a outros, como entrar em contato com o (a) autor (a) para conversar sobre a obra, dar de presente para outras pessoas o livro, usar o livro como objeto de trabalho acadêmicos ou em mostras culturais, entre outras coisas, irá ajudar muito o autor nacional!

E você? O que já fez para ajudar um autor e um livro nacional?

Bruna Kuchenbecker

Bruna Kuchenbecker é natural de Belo Horizonte, cidade de Minas Gerais, e aos quinze anos escreveu sua primeira obra que leva o título de "O que os olhos não veem as memórias contam", tendo sido publicada em 2017 pela editora Livro Novo. Atualmente, é graduanda de Estudos Literários pela Universidade Federal de Goiás e autora de mais um livro que leva o título de "Corpos Dançantes", além de um conto publicado na Antologia Sex Drive da Rico Editora. É revisora freelancer e desde o dia em que se descobriu como escritora e o poder de conforto das palavras, tomou a escrita como um refúgio e compartilha seus escritos em seu blog e em seu perfil literário no Instagram.

Baixe o e-book e saiba mais sobre.